Sobrepeso e Obesidade, como evitar?

O Ministério da Saúde apresentou um levantamento da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico - Vigitel 2013 – revelando que 51% da população brasileira está acima do peso.

O que é obesidade?
A obesidade é uma epidemia mundial que afeta todas as idades, níveis econômicos, raças e continentes. É definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como uma doença crônica e multifatorial, pois envolve fatores genéticos, sociais, culturais e ambientais. Segundo as Estatísticas de Saúde Mundial (OMS, 2012) a obesidade e o sobrepeso elevam o risco de doenças cardiovasculares e vários tipos de cânceres.

Como posso saber se estou com sobrepeso ou obesidade?
A obesidade geralmente é estimada pelo Índice de Massa Corporal (IMC), dividindo-se o peso (em Kilogramas) pela altura (em metros) ao quadrado. O IMC é obtido a partir da divisão do peso em quilogramas pelo quadrado da altura em metros (kg/m2). Valores de IMC acima de 25,0 kg/m2 caracterizam excesso de peso, sendo que, valores de 25,0 kg/m2 a 29,9 kg/m2 correspondem a sobrepeso e valores de IMC ≥ 30,0 kg/m2 indicam obesidade. A OMS estabelece como ponto de corte para risco cardiovascular medida aumentada de circunferência abdominal igual ou superior a 94 cm em homens e 80 cm em mulheres caucasianos, pois o excesso de gordura que se acumula na região abdominal - gordura visceral - é muito perigosa.

O que posso fazer para prevenir o sobrepeso e a obesidade?
Evitar alimentos prontos e industrializados (ricos em carboidratos simples, gordura, sódio, conservantes, etc.) e aumentar a ingestão de alimentos funcionais (frutas, legumes, verduras, cereais integrais, peixes, oleaginosas e leguminosas) ricos em antioxidantes como carotenóides, flavonóides e antocianinas, que produzem efeitos benéficos à saúde e podem prevenir ou reduzir o risco de algumas doenças. Os compostos bioativos dos alimentos funcionais ajudam a mediar processos inflamatórios ligados à obesidade e colaborar para seu tratamento, desempenhando um papel importante na redução da resposta inflamatória, parâmetros bioquímicos, peso corporal, IMC e circunferência abdominal e conseqüentemente na obesidade.

Só um nutricionista pode elaborar um plano alimentar na medida de suas necessidades ;-)

Só um nutricionista pode elaborar um plano alimentar na medida de suas necessidades ;-)

Ainda não há comentários.

Deixe um comentário